FANDOM


Helheim, ou simplesmente Hel, é um local importante em God of War e um dos Nove Reinos da mitologia nórdica. Também é conhecido como o Reino dos Mortos.

Descrição

Este reino é o lar de daqueles que morreram em desonra. É governado pela Deusa da Morte, Hel, e é conhecido por torturar seus habitantes com seus próprios passados através de ilusões de seus crimes cometidos.

Helheim é um reino sombrio de frio extremo, tanto que até os deuses Aesir temem o reino e evitam visitá-lo a qualquer custo. O próprio Odin, na verdade, não pode sobreviver ao frio brutal do reino. De fato, se alguém cruzar a Ponte dos Condenados, ficará preso para sempre, pois não há caminho de volta.

Após a Desolação, a doença corrompida infligindo os Nove Reinos e a prisão das Valquírias, Hel está transbordando de almas. Sem as Valquírias para separar as almas, a cidade de Helheim além da Ponte dos Condenados está sobrecarregada. Isso resulta em um transbordamento de mortos em Midgard. Esses mortos-vivos são conhecidos como Helteadores.

A ponte dos condenados era guardada por um dos chefes em God of War, Máttugr Helson.

Curiosidades

  • Helheim é governado pela deusa da morte, Hel, que é filha de Loki. Visto que Loki (Atreus) ainda é uma criança neste jogo, é possível que Hel não tenha nascido ainda ou não seja filha dele.
  • Quando examinada de perto, a partir da Ponte dos Condenados, uma águia gigante pode ser vista empoleirada neste reino. É possível que a águia seja Hræsvelgr/Hraesvelg ("engolidor de cadáveres" em nórdico antigo), um gigante que se senta à beira do mundo com vista para Helheim e faz o vento soprar com o bater de suas asas.
    • Os jogadores observam melhor a águia quando Kratos e Atreus navegam pelo ar perto dela.
  • De acordo com Mímir, o tempo se move muito mais devagar em Helheim do que em Midgard.
  • Este é o reino daqueles que morreram em desonra, tais como aqueles que morreram como criminosos ou de doenças, acidentes ou até mesmo de velhice. A cultura nórdica acredita que é melhor morrer lutando.
  • Embora o frio e o vento sejam tão grandes dentro de Helheim que nenhum fogo, de nenhum tipo, nos Nove Reinos pode permanecer aceso, o fogo de reinos estrangeiros pode continuar queimando. Isso inclui o fogo das armas originais de Kratos, as Lâminas do Caos.
    • Assim, esse fogo é muito eficaz contra os habitantes de Helheim.
  • Helheim pode recriar eventos passados, para quem entra, como uma forma de tortura.
    • A ilusão que Kratos viu foi Zeus chamando-o pelo seu nome, além de uma reconstituição fantasmagórica de sua morte.
    • A de Baldur foi quando ele confrontou Freya, sua mãe, e tentou fazê-la remover sua maldição.
    • A de Atreus foi sua recente crueldade contra Modi.
  • Depois que Magni e Modi morrem, é possível que suas almas tenham ido para Helheim, devido a prisão das Valquírias.
    • No entanto, Mímir afirmou que os Aesir têm seu próprio caminho especial até Valhalla, mas, já que eles morreram nas mãos de Kratos e seu filho, eles poderiam ter sido enviados para Hel.
  • Helheim continua a tradição da série God of War onde Kratos visita a terra dos mortos; na era grega, Kratos explorou ou foi enviado para o submundo inúmeras vezes, bem como explorou o reino de Tânato ao procurar por seu irmão.