FANDOM


Zeus deveria ter te mantido no seu lugar! Não importa quantos deuses caiam, sempre haverá outros para se opor a você!

–Poseidon desafiando Kratos.

Poseidon é o governante dos oceanos e rei de Atlântida, seu poder é apenas comparado, ou então superado, ao de seus irmãos, Zeus e Hades. Como a maioria dos outros deuses, Poseidon foi um aliado de Kratos durante o primeiro God of War, mas se torna um dos principais antagonistas no decorrer da série.

Mitologia grega

Poseidon era muito venerado em cidades próximas do litoral, já que ele era o responsável por acalmar os mares e tempestades, assim permitindo que os pescadores pudessem pegar os nutrientes do mar. Poseidon governava os mares e oceanos do mundo ao lado da sua esposa Anfitrite, com quem ele teve um filho, Tritão. O deus dos mares também já competiu com a deusa Atena, para decidir quem seria o patrono da famosa cidade de Atenas, mas acabou perdendo para a deusa da estratégia.

Na serie God of War

Grande Guerra

Poseidon eletrocinese

Poseidon subjuga o titã Atlas.

Como a maioria dos seus irmãos e irmãs, Poseidon havia sido devorado por Cronos, seu próprio pai, logo após o nascimento. Eles só foram libertos anos depois, quando Zeus, que havia escapado, atacou Cronos e fez um corte profundo em seu estomago, permitindo que Poseidon e os outros escapassem, dando início então a Grande Guerra entre titãs e deuses. Poseidon e Hades concentraram suas forças na tentativa de derrotar o general titã Atlas,cuja derrota garantiu a vitória dos deuses olimpianos. Poseidon ganhou o domínio sobre os mares e oceanos, reinando ao lado de sua esposa, Anfitrite.

A aposta dos deuses

Poseidon participou da aposta dos deuses, uma competição na qual cada olimpiano deveria escolher um campeão mortal para representa-los em uma serie de desafios e obstáculos, cujo prêmio seria o elixir mágico Ambrosia. Infelizmente para o rei dos mares, o seu campeão acabou sendo morto por Kratos e seus espartanos, que também estavam participando da competição, enfurecido, Poseidon tentou afogar os espartanos, mas fracassou.

Auxiliando Kratos

Durante muitos anos, uma besta monstruosa conhecida como Hidra, amedrontava o mar Egeu, ate que Kratos, guiado pela deusa Atena, foi convocado para matar a fera. Querendo auxiliar o espartano, Poseidon deu a ele a capacidade de liberar descargas elétricas de seu corpo, em um ataque conhecido como "Fúria de Poseidon". Dentro do Templo de Pandora também havia um salão dedicado ao deus dos mares, onde havia um tridente que permitia a qualquer um que o portasse, a habilidade de respirar em baixo d'água.

Destruição de Atlantis

Depois que Kratos libertou Thera, a titã das chamas, de sua prisão em Atlântida, causando a completa destruição da mesma, Poseidon ficou extremamente enfurecido, se manifestando através de uma de suas estatuas para falar diretamente com o espartano, Poseidon declara que nunca irá perdoa-lo, e que um dia o fantasma de Esparta pagará pelos seus atos.

Segunda Grande Guerra

Poseidon aparece

Poseidon confronta Kratos e Gaia.

Poseidon, assim como diversos outros deuses e aliados do Olimpo, foram convocados por Zeus para defender o Monte Olimpo do ataque de Kratos e dos titãs. Quando os invasores chegam, Poseidon imediatamente convocou suas forças do oceano, assumindo uma forma elemental gigante composta por água, e também sendo auxiliado por seus Hipocampos na missão de derrubarem os titãs do Monte. Poseidon confrontou Gaia e Kratos diretamente, em uma batalha muito dura, mas acabou sendo subjugado pela força combinada do espartano e da titã, sendo deixado em um estado fraco e vulnerável. Antes de morrer, Poseidon zombou de Kratos, afirmando que sempre haveriam deuses para lutar contra ele, e que a morte de Zeus significava a "morte de todos".

Poseidon derrotado

Poseidon sendo atacado por Kratos e Gaia.

A morte de Poseidon faz os mares saírem de controle, já que não há mais nenhum deus para comanda-los ou conte-los, ondas gigantes se erguem, engolindo cidades inteiras, consequentemente deixando a maior parte da Grécia submersa.

Personalidade

Poseidon é muito semelhante ao seu irmão Zeus, um deus poderoso e orgulhoso, exigindo respeito de outros deuses e mortais, porém ele também possui um temperamento forte, ficando muito enfurecido a qualquer afronta a sua autoridade, dificilmente esquecendo ou perdoando. No entanto, apesar de seu temperamento forte, Poseidon também é ciente das consequências de suas ações, já que ele se desculpou com a Princesa de Atlântida pelas suas explosões de fúria, e avisou a Kratos que se Zeus morresse, isso provocaria a morte de todos eles. Deve-se notar que Poseidon parece ter sido o menos corrompido pelos males da Caixa de Pandora, já que o único efeito que houve sobre ele foi o crescimento de sua ira.

Aparência

Poseidon tem a aparência de um homem jovem, pele bronzeada, cabelos negros e cavanhaque curto. Geralmente ele não utiliza nada além de uma toga branca, cobrindo apenas da cintura para baixo, expondo seu físico atlético e musculoso. Quando assume sua forma elemental, Poseidon se torna bem maior, quase toda a sua massa corporal sendo composta por água, exceto o centro de seu peito, que é composto por rochas e algas marinhas.

Poderes e Habilidades

Poseidon era um dos deuses mais poderosos do Olimpo, sendo equiparado apenas pelo seu irmão Hades, e possivelmente superado apenas por Zeus. Como exemplo de seu extremo poder, é preciso notar que, Poseidon sozinho teria sido capaz de por um fim a invasão de Kratos e os titãs ao Monte Olimpo, se eles não tivessem trabalhado juntos para derrota-lo. O poder de Poseidon também é proporcional ao nível de água das proximidades que ele possa manipular, alguns de seus poderes são:

  • Manipulação do clima - Como seu irmão Zeus, Poseidon também é capaz de influenciar o clima, gerando tempestades poderosas.
  • Manipulação da água - Como deus dos mares, Poseidon pode manipular a água da forma que desejar, gerando enormes tsunamis, e ate mesmo enormes estruturas feitas completamente de água, como a sua forma elemental por exemplo.
  • Manipulação de eletricidade - Outra semelhança com Zeus, é a sua capacidade manipular a eletricidade, embora ele possua um nível bem menor de poder sobre essa habilidade do que seu irmão.
  • Imortalidade - Como um deus, Poseidon é imortal, ele não envelhece e nem é afetado pelo tempo, podendo viver para sempre.
  • Manipulação de poder - Poseidon tem a capacidade de conferir certas habilidades e poderes a outros seres, e de retira-los também.
  • Projeção astral - Poseidon é capaz de criar uma projeção de si mesmo, feita inteiramente de energia, para se comunicar a distância.
  • Teleporte - Poseidon também possui a capacidade de teleporte.
  • Criação de portais - Poseidon pode criar portais para se locomover mais rapidamente.
  • Força sobre-humana - Poseidon é extremamente forte, sendo capaz de subjugar outros deuses e ate mesmo titãs com força física.
  • Velocidade sobre-humana - Poseidon é extremamente rápido, comparável a Zeus e Hades.
  • Invencibilidade - Poseidon é invulnerável á armas mortais, sendo capaz de facilmente se curar da maioria dos ferimentos feitos a seu corpo. Porém, armas de grande poder, como a Lâmina do Olimpo, podem mata-lo.
  • Alteração de tamanho - Poseidon é capaz de alterar o seu tamanho, podendo chegar a alturas gigantes, embora não tão grandes quanto a dos titãs.
  • Mudança de forma - Como a maioria dos deuses, Poseidon pode alterar sua aparência e forma, podendo parecer mais jovem ou mais velho, ou ate mesmo se transformar em animais.
  • Invocação - Poseidon pode invocar seres menores para auxilia-lo na batalha, como quando ele invocou os hipocampos em God of War III.

Curiosidades

  • Poseidon foi o personagem mais complexo e difícil de se fazer em GoW III, demorando cerca de 1 ano para desenhar sua forma elemental.
  • Poseidon foi o primeiro deus a aparecer no primeiro God of War, e também o primeiro boss de God of War III.
  • Poseidon foi corrompido pelo mal da "fúria", após Kratos ter aberto a Caixa de Pandora.
  • Poseidon tem uma aparência bem mais velha no primeiro GoW do que nos jogos posteriores.