FANDOM


Irmãos! Nos formos forjados na vitoria. Uma vitoria, que acabou com a Grande Guerra, e trouxe o reinado ao Monte Olimpo. Nascida das profundezas do submundo, enraizada no rio das almas, a nossa montanha se manifestou do caos. Conforme crescia, crescia também a força dos olimpianos! Criamos um mundo de paz, um mundo de prosperidade! Um mundo que vive na sombra, e na segurança da minha montanha. Uma montanha, que veio a ser a medida absoluta de força e de poder! Agora. Neste dia. Esse poder será testado. O mortal, Kratos, esta tentando destruir tudo que eu criei! Irmãos! Deixem de lado essas mágoas insignificantes que tem nos dividido por tanto tempo. Iremos nos unir! Iremos ficar juntos! E eu darei um fim a essa praga! O Olimpo... prevalecerá!

–Zeus discursando para os outros deuses.

Zeus é o filho mais novo do titã Cronos, tendo ascendendido ao posto de rei dos deuses e governante do Olimpo após derrotar seu pai e os outros titãs durante a Grande Guerra. Ele foi um aliado de Kratos durante God of War, posteriormente vindo a se tornar o principal antagonista de ambos God of War II e God of War III. Ele também é o pai de diversos deuses e heróis, tais como Hércules, Perseu, Deimos e o próprio Kratos.

Mitologia grega

Na mitologia grega, Zeus era o Imperador dos deuses, regente do Olimpo, e Deus do Céu e do Raio. Seus símbolos eram o raio, a Águia, Árvore do Carvalho e o Touro. Zeus era o filho mais novo de Cronos e Reia e o mais velho de todos os seus irmãos. Ele foi muito bem conhecidos por suas aventuras eróticas com belas mulheres mortais, resultando em muitos descendentes dos deuses e heroico, incluindo Atena, Apolo, Àrtemis, Hermes, Perséfone, Dionísio, Perseu, Hércules, Helen e Minos. Poseidon e Hades são seus irmãos. Ele derrubou Cronos por corte-o em pedaços com sua scyth. Seus restos são deixados nas profundezas do Tártaro. Agora Zeus governa todos Olimpo e controla a própria Terra.

Na série God of War

Nascimento

Zeus baby

Durante o reinado dos titãs, o titã Cronos recebeu uma profecia, que previa sua eventual queda para um de seus filhos. Para prevenir que seu reino acabasse e ele fosse destronado, Cronos começou a devorar cada um de suas crianças, uma a uma. Ate que Reia, esposa de Cronos, cansada de ver todas as suas crianças tiradas de si, resolveu esconder Zeus, seu filho mais novo, antes que o pai pudesse aprisiona-lo em seu estomago. O jovem deus passou a ser criado por Gaia, a mãe terra, mantendo-o longe das garras de Cronos, ate que Zeus se tornasse forte o bastante para atacar seu pai, cortando sua barriga, e libertando seus irmãos e irmãs.

A Grande Guerra

Zeus gif

Zeus invocando raios durante a Grande Guerra.

Após libertar seus irmãos e irmãs, Zeus declarou guerra aos titãs, ate mesmo Gaia, quem o manteve protegido todos esses anos, não foi poupada da fúria de Zeus. Os novos governantes do mundo, chamando a si mesmos de Olimpianos, travaram uma guerra brutal contra os titãs, com grande ferocidade e poder. Essa guerra épica acabou reestruturando o mundo mortal, causando terremotos e destruindo montanhas. Para por um fim a guerra, Zeus criou a arma mais poderosa dos olimpianos, a Lâmina do Olimpo, forjada a partir do céu e da terra, seu poder imensurável foi utilizado para banir todos os titãs para as profundezas do Tártaro, onde ficariam aprisionados.

Zeus bane

Zeus utilizando a Lâmina do Olimpo para banir os titãs.

Apesar da vitória dos olimpianos sobre os titãs, a brutal guerra acabou dando origem a entidades malignas, denominadas de "Os males do mundo", que acabaram por representar outra ameaça ao Olimpo, então Zeus ordenou a Hefesto, o deus ferreiro, que criasse um recipiente poderoso o suficiente para conter todos os males que a guerra havia gerado, assim foi criada a Caixa de Pandora. Para prevenir os desastres que poderiam ocorrer, caso a caixa fosse aberta novamente, a deusa Atena selou o poder da "Esperança" dentro da caixa, junto com os males. Seguindo os conselhos de Hefesto, Zeus ordenou que um templo fosse construído nas costas de seu pai derrotado, onde ficaria guardada a caixa, condenando o titã caído a vagar eternamente pelo Deserto das Almas Perdidas.

Após a Grande Guerra

Algum tempo depois da Grande Guerra, durante o reinado dos olimpianos, Zeus teve mais um de seus muitos casos de romance com mortais, com uma jovem mulher chamada Calisto. A união resultou em dois filhos, o mais velho se chamava Kratos, um guerreiro poderoso e com grande fúria. Hera, irritada com o fato de Zeus ter tido outro caso com uma mortal por suas costas, ordenou que Zeus matasse Kratos. Zeus, com pena da jovem criança e se recusou a mata-lo. No entanto, naquela mesma época, um oraculo profetizou que um "guerreiro marcado" provocaria a destruição do Olimpo, fazendo com que Zeus fosse dominado pelo medo e, percebendo as marcas estranhas que seu filho mais novo, Deimos, possuía, ordenou a Ares e Athena que capturassem o garoto e o aprisionassem.

Anos depois, tendo acidentalmente massacrado sua própria família por causa de sua fúria insana provocada por Ares, Kratos jurou servir os deuses do Olimpo, cumprindo qualquer desejo que eles lhe ordenassem, na esperança de que seus anos servidão convenceriam os deuses a poupar Kratos e livra-lo de seu sofrimento. Essa historia é bem semelhante a de outro filho de Zeus, Hercules, que foi condenado a servir o rei Euristeu após ter matado sua família.

Alguns anos depois, Zeus, assim como os outros deuses, foram vitimas de Morfeu, que os colocou em um estado de sono profundo depois que o deus do sol, Hélios, foi sequestrado pelo titã Atlas. O titã, trabalhando junto com a deusa Perséfone, planejavam utilizar o poder do sol para destruir o mundo. Felizmente para Zeus e o resto do mundo, Kratos conseguiu resgatar o deus do sol, matar Perséfone, e aprisionar Atlas novamente.

Próximo do fim dos anos de serviço de Kratos, Ares, invejoso de sua irmã, atacou a cidade sagrada de Atenas, querendo forçar seu pai, Zeus a apoia-lo. Temendo que Ares fosse o verdadeiro "guerreiro marcado" que provocaria a queda do Olimpo, Zeus permitiu que Atena convocasse Kratos novamente, para que o espartano pudesse por um fim a ameaça de Ares. Durante a jornada de Kratos, Zeus o auxiliou diversas vezes, dando a ele a habilidade de conjurar e manipular raios, e ate mesmo o ajudando a sair do submundo quando este foi morto por Ares.

Quando Ares obteve a caixa de Pandora, e ameaçou utiliza-la para destruir o Olimpo, Kratos, que havia voltado dos mortos, conjurou um raio e forçou o deus da guerra a largar a caixa, que Kratos abriu e utilizou o poder da esperança dentro da caixa para finalmente matar Ares. Como recompensa, os deuses deram a Kratos o posto de divindade, tornando-o o novo deus da guerra. Com o tempo, Zeus passaria a ser consumido pelos males do mundo, que haviam sido libertados quando Kratos abriu a caixa de Pandora, Zeus passaria o resto de seus dias temendo a vindo do "guerreiro marcado".

Zeus mata

Zeus traindo Kratos.

A traição de Zeus

Com a morte de Ares, e a eventual morte de seu filho Deimos, Zeus não tinha mais ninguém para temer, até que Kratos começou a espalhar o caos e a guerra por toda a Grécia, auxiliando os exércitos de Esparta em suas campanhas militares, colocando toda a Grécia em estado de caos. Temendo o poder que Kratos havia ganhado, Zeus enganou o espartano, forçando-o a colocar todos os seus poderes divinos dentro da Lâmina do Olimpo, deixando o antigo deus da guerra fraco e vulnerável. Aproveitando o estado debilitado de Kratos, Zeus apareceu e tentou convencer Kratos a jurar fidelidade eterna ao rei do Olimpo, no entanto, ao ouvir a recusa do ex-deus, Zeus, enfurecido, o mata, junto com todo o exército de Esparta, e logo depois a própria cidade.

Raios de zeus

Zeus lançando raios contra Kratos.

A Vingança de Kratos

Infelizmente para Zeus, Kratos ainda retornaria. Com a ajuda dos titãs, e utilizando o poder das irmãs do destino, Kratos obteve a capacidade de voltar no tempo, voltando ao momento de sua morte pelas mãos de Zeus. O combate é brutal, os dois combatentes se atacando enquanto lutam pela posse da Lâmina do Olimpo, porém o poder avassalador de Zeus se mostra muito grande para um combate direto. Kratos resolve fingir sua rendição, para que então possa pegar o rei dos deuses desprevenido. Felizmente para Zeus, Atena se joga na frente do ataque brutal de Kratos, sacrificando sua vida para que seu pai possa recuar e se refugiar no Olimpo.

Zeus enfurecido

Zeus enfurecido conjurando raios.

A Segunda Grande Guerra

Temendo a vinda de Kratos, Zeus convoca todos as forças olimpianas que ele conseguiu reunir, incluindo seus dois irmãos, Hades e Poseidon, para guardar o Olimpo contra Kratos e o exército de titãs que se aproxima. Depois de ver Poseidon ser assassinado por Kratos, Zeus fica extremamente enfurecido, convocando um raio poderoso o suficiente para derrubar ambos, Kratos e Gaia, do topo do Monte Olimpo.

Zeus vs kratos

Zeus vs Kratos.

Zeus aparece novamente para impedir Kratos de abrir a Caixa de Pandora mais uma vez, ele captura Pandora para forçar Kratos a luta contra ele para resgatar a garota. No meio do combate, Pandora abre a caixa novamente, gerando uma explosão que nocauteia os dois combatentes e os leva ao chão. Ao acordar e perceber que a caixa estava vazia, Zeus zomba de Kratos e foge.

Zeus vs kratos inside gaia

Kratos e Zeus acabam matando Gaia.

Ambos se encontram novamente e começam uma nova luta, dessa vez no entanto, Gaia se intromete no meio do confronto, engolindo ambos, forçando-os a lutar dentro do corpo da enorme titã. O combate ocorre próximo ao coração de Gaia, tão feroz que acaba destruindo seu coração, e por fim matando-a.

Kratos spanks zeus

Kratos espancando Zeus.

A essência de Zeus, corrompida pelos males, abandona seu corpo físico, atacando Kratos de surpresa e penetrando dentro da mente do espartano, corrompendo-o também. No entanto, Kratos desperta novamente o poder da "esperança", que estava adormecido, forçando a essência de Zeus de volta ao seu corpo, e espancando o rei dos deuses, forçando os males a abandonar seu corpo. Após a morte de Zeus, o reinado dos olimpianos acabou.

God of War (2018)

Mesmo após sua morte, Zeus ainda assombra Kratos. Quando o espartano vai a Helheim, em busca de uma cura para salvar seu filho, ilusões do antigo rei do Olimpo aparecem para atormenta-lo, surpreendendo a ambos Kratos e Mimir, que exclama "Você é filho de Zeus?! Isso explica muita coisa."

Quando o espartano faz outra visita ao reino de Hel, dessa vez acompanhado de Atreus, ambos acabam vislumbrando uma ilusão dos ultimos momentos do rei dos deuses gregos, sendo espancando ate a morte por um Kratos mais jovem.

Personalidade

Zeus era um deus extremamente carismático, orgulhoso, e por vezes ate mesmo benevolente, sempre tentando manter a ordem no mundo divino e mortal, já que ele proibiu os deuses de lutarem entre si, e buscava sempre remediar as guerras entre os mortais, tentando fazer prevalecer o lado que fosse mais justo e honrado, ele também desgostava de seu filho Ares por causa de sua obsessão por violência e sede de sangue. Apesar disso, ele poderia ser extremamente brutal para qualquer um que ameaçasse seu reinado e a ordem do mundo,nem mesmo seus próprios filhos estavam livres de sua fúria, como exemplo temos quando ele auxiliou Kratos em sua missão para matar Ares, e ordenou que seu filho Deimos fosse aprisionado, pois Zeus temia que Deimos fosse o "guerreiro marcado" que destruiria o mundo.

Após ter sido corrompido pelos males do mundo, Zeus começou a ser dominado por suas falhas e seu medo, se tornando um individuo covarde, arrogante e egoísta, sacrificando seus próprios familiares em sua missão para destruir Kratos, e ate mesmo tratando inocentes com crueldade, como seu filho Hefesto por exemplo, que foi espancando ate seu rosto ficar deformado, sendo exilado do Olimpo. Ele também era extremamente cruel com Pandora, se referindo a ela mais como uma "coisa" e ignorando todos os seus clamores e pedidos de ajuda. Apesar disso, quando os males abandonaram seu corpo e Kratos o atacou, Zeus não demonstrou nenhuma resistência, possivelmente porque ele reconheceu seus atos cruéis e suas falhas, assim deixando que Kratos o matasse.

Aparência

Apesar de ser o mais jovem dos olimpianos originais, Zeus apresenta a aparência mais velha. Seus cabelos são brancos e sua compõe barba é robusta. Seus olhos são brancos, deixando-o com uma aparência de cegueira, embora ele enxergue muito bem. Seu porte físico é esbelto, forte e musculoso. Sua vestimenta geralmente se resume a uma toga branca e braceletes dourados nos braços.

Poderes e Habilidades

Como rei dos deuses e soberano do Olimpo, Zeus é extremamente poderoso, ate mesmo mais poderoso do que seus irmãos Hades e Poseidon. Algumas de suas habilidades são: Invencibilidade, projeção de energia, manipulação de eletricidade, e mais algumas outras, tais como:

  • Manipulação do clima - Como deus do céu, Zeus tem a capacidade de manipular o clima, podendo gerar poderosas tempestades e chuvas, ate mesmo tornados.
  • Velocidade sobre-humana - Zeus é capaz de se mover a velocidades além das de qualquer humano ou monstro, sendo capaz de se mover na velocidade do raio.
  • Força sobre-humana - Zeus é incrivelmente forte, sendo capaz de lutar contra monstros, outros deuses e ate mesmo titãs com nada além suas próprias mãos.
  • Teleporte - Como os outros deuses, Zeus é capaz de teleportar, aparecendo atrás de seus inimigos em um piscar de olhos para um ataque surpresa.
  • Criação de portais - Zeus é capaz de criar portais para se locomover mais rápido.
  • Mudança de forma - Zeus é capaz de alterar sua aparência física, podendo parecer mais jovem ou mais velho, e ate mesmo se transformar em animais, como por exemplo quando ele se transformou em uma águia gigante em God of War II.
  • Regeneração - Zeus é capaz de se regenerar a partir da maioria dos ferimentos feitos ao seu corpo, embora armas de extremo poder, como a Lâmina do Olimpo, são capazes de fazer ferimentos permanentes.
  • Invocação - Zeus é capaz de invocar seres menores para auxilia-lo em combate, como minotauros, sereias e as sentinelas do Olimpo.
  • Manipualação de poder - Zeus é capaz de fornecer energia e poderes divinos a mortais, tornando-os praticamente deuses. Ele também tem a capacidade de absorver os poderes divinos e a imortalidade de outros seres.
  • Manipulação da mente - Como seu filho Ares, Zeus é capaz de penetrar e influenciar a mente de seus oponentes.
  • Projeção astral - Zeus é capaz de gerar uma imagem de si mesmo feita de pura energia para se comunicar diretamente a longas distâncias.
  • Alteração de tamanho - Zeus é capaz de alterar o seu tamanho, podendo ficar com milhares de pés de altura.

Ironicamente, Zeus é vulnerável a Lâmina do Olimpo, uma arma que ele mesmo criou. Zeus pode manipular o clima para criar todos os tipos de desastres naturais. Em God of Warr II, ele criou um tornado para criar a Lâmina do Olimpo, ele também pode criar escudos de eletricidade. Em God of War III, ele concentrou toda a energia de uma tempestade em um único raio, poderoso o suficiente para derrubar Kratos e Gaia do Monte Olimpo, ate mesmo destruindo parcialmente o braço da titã da terra.

Zeus sabia manusear a Lâmina do Olimpo habilmente, no entanto, ele também é habilidoso no combate corpo a corpo, podendo lutar contra Kratos utilizando nada além de suas próprias mãos. A essência de Zeus foi capaz de facilmente torcer o pescoço de Kratos com apenas uma mão.

Zeus também apresentou a capacidade de criar clones de si mesmo, feitos de pura eletricidade. Embora sejam mais fracos do que o original, eles ainda possuem todos os seus poderes básicos, podendo também explodir, liberando cargas elétricas, quando derrotados.

Curiosidades

  • Zeus e Caronte são os únicos personagens que já derrotaram Kratos em uma luta.
  • Zeus é um personagem jogável no game PlayStation All-Stars Battle Royale.
  • A música tema principal da luta final de Kratos e Zeus é Brothers of Blood.
  • Quando a Caixa de Pandora foi aberta, Zeus foi consumido pelo "medo". Isso o fez se tornar cada vez mais paranoico.
  • O velho que auxilia Kratos a escapar do submundo em God of War, é Zeus disfarçado.
  • Zeus é um dos principais deuses que podem ser escolhidos no Multiplayer do God of War: Ascencion.
  • Zeus esta no rank 49° do Top 100 vilões de Video-Game.